Pesquise Aqui

header ads

Morador de Turilândia pede ajuda





Neste sábado (27), o senhor Augusto, morador de Turilândia, procurou a TV Rio Turiaçu buscando ajuda, afirmando que está passando por dificuldades financeiras e sérios problemas de saúde. 

O morador de Turilândia que reside em uma simples casa com esposa e mais 2 filhas, informou também que após verificar o corpo dolorido e todo inchado, foi procurar uma resposta médica e  recebeu o seguinte  diagnóstico: Problema nos rins e Leucemia. 
Desde então não foi medicado adequadamente, por não ter certeza sobre sua doença. . Por falta de condições financeiras, Augusto pede a ajuda para realizar exames mais detalhados e específicos, além de um lugar onde possa ficar em São Luís enquanto realiza o tratamento. 

Quem puder ajudá-lo pode entrar em contato com a rádio Rio Turiaçu pelo fone 81525983

Postar um comentário

4 Comentários

  1. o municipio deveria dispor de um abrigo para doente ir tratar em são luis como na época de teodoro tinha

    ResponderExcluir
  2. É uma tristeza que assim como esse senhor outras pessoas passam por situações semelhantes e não tem condições para custiar seus tratamentos.fica um apelo ao nosso prefeito de Turilandia ao secretário de saúde e secretária de assistente social tomem providencias urgentes que voces sim podem e devem socorrer essa vida .

    ResponderExcluir
  3. Se vc não sabe a secretária de Assistência social não tem médico,o papel da secretaria é fazer uma visita domiciliar onde levaram uma sexta básica e logo em seguida encaminhou este senhor a secretária de saúde,onde ela tem que tomar as providencias.

    ResponderExcluir
  4. Sim,a secretaria de assistencia social não tem médico,mais tem reurso que pode viabilizar um acompanhamento médico.Não e apenas dar uma sexta básica e emcaminhar por posto de saúde onde não tem suporte para esse tipo de tratamento.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.