28 de julho de 2015

Corpo do jovem de Codó que morreu após injetar hidrogel no pênis, chega ao MA

O jovem que morreu em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, na última sexta-feira (24) após sofrer uma parada respiratória por realizar uma aplicação de hidrogel no pênis, era natural de Codó, Maranhão. O nome dele está sendo preservado pela família e autoridades do município.
O corpo da vítima de embolia por conta da substância, chega hoje (28) a Codó. A família do jovem de apenas 18 anos teve que pedir ajuda junto ao serviço de Assistência Social da Prefeitura para trazer o corpo para o Maranhão.
O jovem teria se mudado para São Paulo em busca de uma oportunidade de trabalho. Ele tinha deixado a casa dos irmãos onde morava para viver com a namorada.
Na polícia, o caso foi registrado como morte suspeita e, de acordo com o Hospital das Clínicas de SP, o jovem já chegou em estado grave na Unidade de Emergência e com quadro de insuficiência respiratória aguda. O corpo foi examinado pelo Instituto Médico Legal (IML).
Médicos explicam que uma aplicação mal sucedida pode provocar embolia e a morte, até porque após injetado não é mais possível fazer a retirada. Outro problema pode ser a quantidade excessiva e o deslocamento do produto pelo corpo, capaz também de ocasionar graves complicações. No caso do rapaz que morreu, o hidrogel usado está suspenso pela Vigilância Sanitária.
Fonte: Blog do Minard


Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

0 comentários:

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.