1 de novembro de 2015

Presos rendem carcereiro e fogem de delegacia em Gov. Nunes Freire

Treze presos fugiram da carceragem da Delegacia do município de Governador Nunes Freire, a 446 quilômetros de São Luís (MA), na noite de sábado (31). Segundo a polícia, o grupo rendeu o carcereiro e ainda liberou um adolescente que estava apreendido em uma cela da unidade.

Ainda segundo a polícia, outros 47 detentos estavam alojados na carceragem da delegacia. Os presos que conseguiram escapar haviam serrado o cadeado antes de renderem o carcereiro. A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão confirmou a fuga neste domingo (1º) e disse estar empenhada na recaptura dos internos.
Em nota, a SSP afirmou que “forças policiais estão no município à procura dos foragidos” e que um dos fugitivos, identificado como Manoel Barbosa da Silva, já foi recapturado. Confira a íntegra da nota e a relação de nomes dos detentos que escaparam:

NOTA
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que no sábado (31) por volta das 21h, treze homens que estavam presos na Delegacia do município de Governador Nunes Freire renderam o carcereiro e fugiram da delegacia.

Na ocasião, eles também libertaram um adolescente que estava apreendido em uma cela especial na referida unidade. Desde então, forças policiais estão no município à procura dos foragidos. Um deles já foi recapturado e foi identificado como Manoel Barbosa da Silva.

André Pereira Barbosa, Vulgo Andrezinho
Mouzaniel da Silva Trindade
Ailson Cezar dos Santos Gomes
Douglas Pereira do Nascimento
Joberth da Silva Pereira Barbosa
Jose Inácio Gomes Silva
Wedson da Conceição Miranda
Pedro de Souza Ramos
Marcelo da Conceição Lima
Procopio Sanches Junior
Denilson dos Santos Ferreira
Eduardo dos Santos Araújo
Manoel Barbosa da Silva, Vulgo Manuelzinho (recapturado)


 Fonte: G1 Maranhão


Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

Um comentário:

  1. não adianta prender esses ladrão pé de chinelo e a corja maior ta na prefeitura roubando

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.