19 de janeiro de 2016

Morte de milhares de peixes em Turilândia

O ano de 2015 ficou marcado pela grande seca que tomou conta do Lago Joaquim Manoel em Turilândia. O lago que surge do encontro do rio Turiaçu e Paruá, chamou a atenção pela grande quantidade de peixes mortos nas margens devido a insuficiência de chuva na região.

Pescadores afirmam que todo ano o lago Joaquim Manoel baixa e seca, mas nunca foi visto tamanha seca e morte no local.


Milhares de peixes mortos na beira do Rio

solo rachado pela falta de água



A diminuição do volume de água, deve aumentar a cada ano devido à grande poluição e degradação da natureza ao redor. É possível encontrar lixo por toda parte no vazio onde sempre foi o rio, árvores cortadas, açudes praticamente dentro do rio e o pior inúmeras tapagens (espécie de tapume de varinhas, armado no rio para pegar peixes) nas regiões onde ainda existe pouquíssima água para os peixes.

O odor dos animais mortos pelo caminho entranha no nariz, o solo seco, esturricado se quebra embaixo dos pés, aos poucos conforme caminhamos e adentramos o resto do lago que ainda insiste em sobreviver, os olhos já marejados de lágrimas refletem a resposta da natureza para o homem que não mede consequências para obter riqueza pessoal.

Peixes mortos na terra 
A ganância e ignorância do homem está desencadeando uma grande extinção de vida local, privando a natureza de se reproduzir, o desmatamento ao redor e a erosão do solo dificultam a terra de reter a água da chuva que ansiosamente é aguardada neste inverno.

Se nenhuma medida for tomada por autoridades, amparadas por estudiosos da área, acreditamos que em tão pouco tempo toda a vida marinha que ali existe fique só na história.













Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

Um comentário:

  1. infelizemnte estamos perdendo tudo por causa do dinheiro

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.