6 de março de 2016

Estrada Brasil-Venezuela é fechada em protesto por desaparecimento de mineiros

Os moradores de Tumeremo bloquearam a cidade Troncal 10 exigindo os corpos dos trabalhadores da mina de Atenas no estado de Bolívar. A informação foi noticiada pelos sites efectococuyo.com e noticierodigital.com e pela jornalista militante Pableysa Ostos, do El Correo del Caroní.
Eles dizem que, nas primeiras horas da manhã de sábado, uma bulla teria provocado várias mortes no local.
A bulla é o nome popular dado a disputas entre grupos por ouro ou território. 
A mina está localizada na estrada entre Tumeremo e El Callao. Os famíliares que protestavam em Tumeremo garantiram que em El Topo corpos foram jogados em um caminhão de lixo para o Novo Callao, a área sob seu controle e estão desaparecidos desde então. 
O governador Francisco Rangel Gómez afirma que nada aconteceu, enquanto os deputados Andrés Velásquez e Américo de Grazia contam que, embora haja muitos mortos, há uma situação de falta total de informação oficial.
Rangel disse que a informação é totalmente falsa. "Fizemos uma excursão na área, com a força da FANB e nada foi encontrado", disse ele. 
A Assembleia Nacional Venezuelana abriu investigação sobre a suposta matança de Tumeremo. Segundo o deputado Guerra Jospe, "É provável que uma comissão vá investigar e inquirir sobre este acontecimento, porque não há nenhuma informação oficial e isso é muito ruim, porque deixa o país sem documentar o que aconteceu no estado de Bolivar ", disse.

Imagem recebida pelo Whatsapp pelo colaborador Nerivaldo Ribeiro 
Texto: http://www.folhabv.com.br/

Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

0 comentários:

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.