1 de agosto de 2017

Governo e Prefeitura investem na reestruturação dos serviços de Saúde em Santa Luzia do Paruá


Com o objetivo de reestruturar os serviços de saúde em Santa Luzia do Paruá, o Governo do Maranhão e a Prefeitura estão investindo em ações que ampliem a assistência oferecida à população. Na tarde desta terça-feira (1°), o poder público municipal entregou a Unidade Mista de Saúde Ditoso Ferraz. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, que participou da inauguração, também visitou as obras do Hospital Regional Francisca Melo que estão sendo executadas pelo Governo do Maranhão.

A nova Unidade Mista do município, entregue nesta terça-feira, conta com 20 leitos distribuídos em clínica médica masculina e feminina, pediátrica e observação obstétrica. A unidade funcionará 24 horas como urgência e emergência. Além de médicos, atuarão na unidade enfermeiros, nutricionista, psicólogo e assistente social.

O prefeito de Santa Luzia do Paruá, Plácido Holanda, destacou que a parceria com o Governo do Maranhão é fundamental para o avanço das ações na área da saúde. “No início da nossa administração nosso principal problema era na área da saúde. Em parceria com o Governo do Estado, conseguimos oferecer um atendimento à população e estamos avançando, com o apoio da gestão estadual, com serviços melhores para a população de Santa Luzia do Paruá”, explicou o prefeito Plácido Holanda.

Durante a agenda, o secretário Carlos Lula ressaltou a intenção da parceria. “Investimos em ações e parcerias como essas com o objetivo de melhorar os indicadores de saúde da região. Trabalhamos incansavelmente com o objetivo de oferecer melhores condições de saúde aos maranhenses. Ao lado da prefeitura, entregamos a Unidade Mista que contará com apoio do Estado para funcionamento e voltaremos para entregar o Hospital Francisca Melo para toda a região”, contou.

As obras de reforma e ampliação do hospital em Santa Luzia do Paruá, que estão sendo executadas pela Secretaria de Estado da infraestrutura (Sinfra), incluem a implantação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de reestruturação de telhado, instalações elétricas e hidráulicas e recuperação de piso, portas, janelas e pintura. Com a conclusão da obra, o hospital contará com 50 leitos de clínicas médicas, cirúrgica, obstétrica, ortopédica e pediátrica, conforme perfil a ser deliberado pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB).

Tanto as obras da Unidade Mista quanto do Hospital Francisca Melo fazem parte de um acordo firmado entre o Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá e com o Ministério Público Estadual. 

Durante a conclusão das obras da Unidade Mista municipal, o governo disponibilizou a estrutura do Hospital de Campanha para assegurar a assistência à população. Com uma estrutura de 120 m², o hospital ofereceu clínica médica e atendimento de urgência e emergência com internação, além de leitos de apoio para internação adulto e pediátrica. Desde março, 10.832 atendimentos foram realizados.

“O hospital de campanha ajudou muito o município a prestar a assistência à saúde durante a conclusão da Unidade Mista que entregamos nesta terça-feira. Agradecemos o apoio que o Governo do Estado tem nos dado desde o início da gestão, especialmente na área da saúde. Ainda faremos muito mais pela saúde do município”, declarou o secretário municipal de Saúde de Santa Luzia do Paruá, Gean César de Albuquerque. 

A população já percebe as mudanças positivas que estão acontecendo no município. “Essas novas unidades de saúde vão ajudar muito a população, que tem buscado atendimento médico em outros municípios. Éramos muito carentes, mas já percebemos que as coisas estão melhorando, principalmente na saúde, beneficiando os moradores de Santa Luzia do Paruá e de municípios vizinhos”, contou a médica luziense Silvia Dias.

O morador Edivaldo Neves, de 65 anos, trabalha na área da limpeza pública do município e reforçou que as melhorias têm beneficiado a população. “Antes a gente não tinha saúde no município. A gestão passada fechou nossos hospitais, mas agora já temos onde buscar atendimento. Tenho certeza que vai melhorar ainda mais”, disse.

Texto: Jessica Wernz
Fotos: Francisco Campos/SES
Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

0 comentários:

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.