14 de agosto de 2017

Museu do Reggae do Maranhão será referência internacional

Atualmente em fase de implantação, o Museu do Reggae Maranhão será o segundo do gênero no mundo e será referência internacional. O secretário de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino, e o diretor do Museu do Reggae Maranhão, Ademar Danilo, estão na Jamaica para estreitar os laços turísticos e culturais entre as duas nações.
Durante a visita à Jamaica, os gestores da Sectur já conheceram o Museu Bob Marley, o Museu de Músca da Jamaica, se reuniram com representantes do Ministério da Cultura da Jamaica e com estudiosos e pesquisadores do tema, entre eles o famoso regueiro Jimmy Cliff e Obo Copper, que é professor de música, músico, perito em reggae e representante do setor cultural da Embaixada do Brasil na Jamaica.
Na reunião no Ministério de Cultura Jamaicano, os gestores da Sectur apresentaram os projetos do Museu do Reggae Maranhão e da Quinta do Reggae, encantando ou ouvintes. O objetivo das visitas e reuniões é gerar conteúdos que enriqueçam o Museu do Reggae Maranhão, com inauguração prevista para o segundo semestre desse ano, na Rua da Estrela, no Centro Histórico de São Luís. “Essa aproximação é muito importante para criarmos uma rota turística do reggae, que passe pela Jamaica e pelo Maranhão”, opinou o secretário da Sectur, Diego Galdino.
O Museu do Reggae Maranhão atuará na preservação e disseminação da cultura regueira, que tem forte raiz no Maranhão, principalmente em São Luís. O Museu do Reggae oferecerá ambiente com recursos tecnológicos, linha do tempo, recursos audiovisuais, história das radiolas, objetos característicos do reggae desde os antigos até os mais modernos e um espaço exclusivo para homenagear Bob Marley.
Além do apelo cultural, o museu também terá uma forte atuação na atração de turistas. “São Luís é conhecida internacionalmente como Jamaica Brasileira. Turistas do mundo inteiro buscam referências sobre o tema na nossa cidade e agora teremos um espaço adequado para essa finalidade. É um pleito muito antigo que agora está sendo atendido pelo governador Flávio Dino”, continuou o secretário.
Pesquisador deste estilo musical e diretor e curador do Museu do Reggae Maranhão, Ademar Danilo comemora a iniciativa. “O reggae já merecia essa atenção há muito tempo. É um estilo musical que transmite boas mensagens e nunca tinha sido tão prestigiado pelo poder público. Todos os regueiros estão muito felizes”, declarou.

Fonte: Portal Guará
Mais Recente
Próxima Notícia
Leia Também

0 comentários:

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.