Pesquise Aqui

Main Ad

Governo do Estado amplia encaminhamento de jovens ao mercado de trabalho

Jovens são capacitados para o mercado de trabalho (Foto: Divulgação)

Mais de 60 jovens maranhenses terão, nos próximos dias, a primeira experiência no mercado de trabalho. As oportunidades surgiram a partir do programa Jovem Aprendiz, que tem o objetivo de promover a aprendizagem profissional por meio da capacitação gratuita de jovens entre 14 a 24 anos em todo o estado.
No programa, o aprendiz tem a oportunidade de desenvolver habilidades profissionais, conciliando a prática e a teoria, tendo uma carga horária trabalhada e outra com a qualificação em sala de aula. O jovem tem direito a uma bolsa auxílio de acordo com a função desenvolvida e, ao término do contrato de aprendizagem, pode ser absorvido no quadro efetivo da empresa.

Com objetivo de preparar os adolescentes para o processo de iniciação no mundo do trabalho, durante esta semana, o Governo do Estado, pormeio da Secretaria de Estado de Trabalho e de Economia Solidária (Setres) promoveu oficinas de orientação ao trabalhador, com acompanhamento psicológico, onde os jovens receberam instruções sobre a postura ideal que deve ser adotada em uma entrevista de emprego.
Para ampliar o banco de vagas do programa Jovem Aprendiz, a Setres está fazendo a articulação e buscando parceria com empresas de várias regiões do estado. O processo tem como base a notificação da Superintendência Regional do Trabalho aos empreendimentos maranhenses, que disponibilizam os postos de trabalho de acordo com suas demandas internas.

O secretário de Trabalho e de Economia Solidária, Jowberth Alves, ressalta que mesmo com a deficiência existente na política de geração de emprego em nível nacional, no Maranhão, o Governo do Estado, por intermédio da Setres, tem intensificado as ações de captação de vagas e ampliação de oportunidades no mercado de trabalho.
“No Brasil, atualmente, a precarização do trabalho e do emprego tem prejudicado o aumento do número de postos de trabalho. Por conta disso, nós temos intensificado as ações e articulações para superar essa realidade, principalmente, na busca de captação de vagas para jovem aprendiz, que é uma das nossas prioridades”, destacou.
Com as vagas no sistema, por meio do Sistema Nacional e Empregos (Sine), a Setres faz a convocação, alinhamento e encaminhamento dos jovens ao mercado de trabalho. O cadastro dos interessados é feito nas agências do Sine, sendo necessário a carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência.


Postar um comentário

0 Comentários