Pesquise Aqui

Main Ad

Com o PAA, agricultores familiares de Turilândia têm renda garantida todo mês




Os Agricultores familiares da Associação dos Remanescentes de Quilombo de Guajará em Turilândia, têm cada dia mais motivos para produzir e comemorar. É porque tudo que eles plantam já tem comercialização garantida e destino certo.

A comercialização é feita pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) que prevê a compra de alimentos da agricultura familiar e garante a sua doação as entidades socioassistenciais que atendam pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, como é o caso das famílias em Turilândia, cadastradas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) que recebem esses alimentos. O programa ainda beneficia a Escola Família Agrícola (EFA) e o Centro Terapêutico O Bom Samaritano.

O técnico em agropecuária, licenciado em ciências agrária e autônomo no município de Turilândia, Valdemar Barbosa, responsável pela implementação do PAA no município em parceria com o CRAS, explica que o Programa é proveniente da CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), onde promove a Compra institucional, na qual é possível aos Órgãos Federais, Estados, Distrito Federal e Municípios comprar alimentos produzidos pela agricultura familiar, por meio de chamadas públicas, com seus próprios recursos financeiros, com dispensa de procedimento licitatório, onde esses alimentos são destinados gratuitamente para pessoas que não têm acesso à alimentação adequada e saudável e atendidas pela rede da assistência social, Centro de Referência de Assistência Social – CRAS.

Dessa forma, o PAA promove dois tipos de participação: do agricultor familiar que vende os alimentos e pessoas ou entidades que se beneficiam com o recebimento gratuito desses alimentos. O Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA), incentiva a agricultura familiar, promovendo a sua inclusão econômica e social, com fomento à produção com sustentabilidade, ao processamento de alimentos e industrialização e à geração de renda.


Toda quinzena, o técnico Valdemar Barbosa vai às comunidades para recolher os alimentos dos trabalhadores rurais e encaminhar até o CRAS, onde explica que o contrato que tem vigência de dois anos, de 2019 a 2020, no valor total de R$ 175.989,64, é composto pela compra de produtos que compõe o contrato,  produtos esses que são importantes para auxiliar as famílias contempladas.

Para o técnico Valdemar Barbosa, a CONAB é um órgão extremamente importante pois objetiva promover cada vez mais a transparência dos gastos públicos, atuando no sentido de incentivar o controle social, pautada pela legalidade e ética.

Segundo a Coordenadora do CRAS, Eliane Soares (Lili), a parceria foi abraçada pelo prefeito municipal Alberto Magno, que deu total apoio para o programa ser aderido no município, onde a entrega dos alimentos é uma ajuda muito importante que beneficia mais de 120 famílias, gerando lucro para os agricultores familiares com a comercialização desses alimentos. 

Para saber mais clique Consulta Conab





Postar um comentário

0 Comentários