Pesquise Aqui

Main Ad

CONFIRA ENTREVISTA DE DUARTE JR NO JORNAL O IMPARCIAL


Duarte Jr concedeu entrevista exclusiva ao jornal O Imparcial, publicada na edição de 8 de setembro, dia do aniversário de 407 anos de São Luís.
O deputado estadual falou sobre soluções e ações em prol de melhorias para a capital maranhense. Ele também esclareceu uma possível candidatura à Prefeitura de São Luís.
Segundo O Imparcial, “Duarte se credencia à Prefeitura após ser o recordista de votos na capital e por sua atuação na gestão do Procon”. Leia abaixo a entrevista na íntegra.
Entrevista Jornal O Imparcial
– Por que você quer ser prefeito de São Luís? Vale a pena ocupar o cargo mesmo com a crise financeira?
Duarte Jr – Não se trata de querer ser ou não prefeito. O que eu quero é contribuir da melhor maneira para que tenhamos uma cidade melhor para todos. Quero ser candidato porque neste momento sinto que tenho condições de canalizar esforços para realizar o máximo com os recursos que temos disponíveis para a nossa cidade.
Nesse momento, além de conhecimento técnico se faz necessário ter capacidade, experiência de gestão, humanidade, senso de urgência e muita criatividade para fazer mais com menos.
Por exemplo, como presidente do PROCON Maranhão e do VIVA, descentralizamos e garantimos mais qualidade e eficiência aos serviços públicos. Saímos de apenas 5 unidades para 50, distribuídas por todo o Estado. E, mesmo com todo esse crescimento, conseguimos reduzir os gastos públicos, por meio de parcerias com a iniciativa privada – como a instalação de unidades em shoppings.
Nesta ação, conseguimos implementar três políticas fundamentais: redução dos gastos públicos, em um total de 42%; mais qualidade e eficiência nos serviços prestados, incluindo atendimento aos fins de semana e também em horários alternativos, até as 22 horas; e mais geração de emprego, renda e fomento à economia local, em razão do grande fluxo de pessoas que buscam os serviços disponíveis nas unidades.
Dessa forma, acredito que é possível replicar essa experiência administrativa em nossa cidade, reduzindo os gastos públicos, melhorando a qualidade dos serviços prestados e otimizando os resultados.
– Cite três coisas que você considera fundamental para o futuro da capital?
Duarte Jr – Precisamos modernizar e desburocratizar a administração, otimizar recursos, gerar incentivos econômicos para uma maior circulação comercial, melhorar a qualidade e eficiência dos serviços prestados. Em especial nas áreas da saúde, educação e mobilidade urbana.
Uma boa forma de otimizar os recursos é realizar ações que alcancem a efetivação de várias políticas de forma integrada e simultânea. Por exemplo, nossos terminais de integração estão em péssima qualidade, o que gera um grande risco aos usuários do transporte. Penso que poderíamos transformar os terminais em verdadeiros centros de serviços públicos, como unidades de marcação de consultas, serviços da Secretaria de Fazenda Municipal, emissão de documentos e atendimento de outros órgãos públicos. Além disso, poderíamos garantir a oportunidade para que vendedores ambulantes pudessem comercializar seus produtos de forma organizada e com qualidade, dentro dos terminais. Assim, descentralizamos os serviços públicos, tornando-os mais acessíveis a todos, reduzimos os gastos com locação para o funcionamento de órgãos municipais, incentivamos o comércio e a circulação econômica em nossa cidade.
São Luís tem um apelo turístico e cultural fantástico que precisa ser melhor explorado. Penso que devemos incentivar nossas brincadeiras e raízes com recursos oriundos da iniciativa privada. Em troca, as empresas poderão associar suas marcas durante todo o evento. Além disso, devemos ir além do período de carnaval e festas juninas, estabelecendo um calendário para todo o ano. Assim como já ocorre em cidades como Salvador e Gramado.
Ainda na área da cultura e turismo, que vejo como grandes geradores de emprego, renda e oportunidades, defendo a redução de impostos, por exemplo o ISS, como já ocorre em Curitiba, que resulta em ocupações recordes da rede hoteleira durante todo o ano em razão do calendário de eventos.
Por fim, entendo que a educação é uma política fundamental que precisa ser priorizada. Precisamos aumentar os investimentos nessa área, em decorrência da necessária expansão da educação infantil e da educação integral, investimentos em formação e projetos pedagógicos, tecnologia (acesso a internet wireless nas unidades da educação, computadores e tablets), acervo atualizado de livros nas bibliotecas, reformas nas escolas e valorização profissional.
Outra medida a ser adotada seria estimular a participação das famílias na educação das crianças e jovens, pois esta integração fortalece o aprendizado e as relações comunitárias. Além disso, é necessário ampliar a educação integral através de escolas em tempo integral, contraturno ou via expansão da carga horária dos alunos, com uma forte articulação com as áreas do esporte, ciência e cultura.
– Quais seriam as coisas que você mudaria primeiro na capital?
Duarte Jr – Precisamos tornar a prefeitura presente na vida das pessoas. Fazer uma gestão participativa com as pessoas, pelas pessoas e para as pessoas, e resgatar o amor pela nossa ilha. Por isso, com vistas à desburocratização, à maior eficiência pública e garantia de resultados, primeiramente faria uma revisão da estrutura administrativa e organizacional da Prefeitura. Outra prioridade inicial seria organizar e reduzir o tempo de espera para a marcação e realização de consultas, exames e cirurgias.
– Aliança entre a Prefeitura e o Governo do Estado é essencial para a gestão?
Duarte Jr – Não diria essencial, mas com certeza é muito importante, para que os investimentos públicos possam ser potencializados. Destaco sempre que, com união em prol do interesse público, podemos fazer muito mais.
– E com o Governo Federal?
Duarte Jr – É uma parceria importante da mesma forma. Devemos deixar as diferenças pessoais, políticas, partidárias e quaisquer outras que porventura existam e pensar que o bem comum social deve ser o foco de todo gestor. Mas jamais compactuaremos com falta de educação, falta de civilidade e desrespeito a qualquer tipo de direitos. A política deve servir a todos, deve ser construtiva e não destrutiva.
– Por que você merece o voto do maranhense?
Duarte Jr – Como jurista, luto diariamente pela garantia dos direitos de todos e reconheço também meus deveres e limitações constitucionais.
Entendo que esse não é o momento adequado para pedir votos. Afinal, ainda não existe candidatura oficializada e qualquer tipo de insinuação poderá caracterizar uma campanha antecipada.
Portanto, para o momento, destaco apenas que minhas ações como gestor público e parlamentar demonstram minha seriedade, compromisso e força de trabalho para enfrentar todo e qualquer desafio futuro. Posso garantir que onde eu estiver, continuarei me dedicando ao máximo para honrar a confiança e a esperança de todos.

Postar um comentário

0 Comentários